Conteúdo de marca é mais interessante do que publicidade

É o que diz um estudo americano

***

1º/07/2024

Um estudo realizado com 1.007 consumidores de conteúdo digital nos Estados Unidos revelou que 59% deles consideram conteúdo de marca mais interessante do que comerciais ou publicidade.

Além disso, 43% dos entrevistados consideram que o conteúdo das marcas é mais envolvente do que o conteúdo das organizações de mídia tradicionais — TV, jornais, revistas ou sites de notícias online.

Realizada em 2023 pela Toolkits e pelo National Research Group, a pesquisa também descobriu que36% dos entrevistados confiam mais no conteúdo publicado por marcas do que aquilo que é publicado pela imprensa oficial.

Apenas 26% disseram confiar menos no conteúdo da marca do que no conteúdo publicado por empresas de mídia. O restante – 38% – disse não ter certeza. 

Quando se trata do tipo de público, homens (37%), afro-americanos (42%), conservadores (41%) e a geração z (39%) são mais propensos a confiar no conteúdo das marcas do que em mídias tradicionais.

A importância do conteúdo de qualidade

A pesquisa reforça que conteúdo de alta qualidade é um pilar no processo de construção de confiança do público.

Também indica que as empresas devem pensar cuidadosamente sobre a qualidade do marketing de conteúdo que associam às suas marcas, já que ele está se tornando um importante diferencial.

Por outro lado, o conteúdo de baixa qualidade pode trazer prejuízos: 71% dos entrevistados dizem que isso os faz confiar menos na marca.

Elementos do jornalismo é diferencial em marketing de conteúdo

Uma das principais razões para a baixa qualidade dos conteúdos de marca é a produção do “mais do mesmo”.

Quando empresas de um mesmo segmento publicam conteúdo num blog, por exemplo, existe uma grande chance dos posts se assemelharem uns aos outros. No entanto, para fugir da repetição, e construir uma sólida confiança com o público, as marcas estão investindo em elementos do jornalismo para fomentar uma mídia proprietária.

Também conhecida como brand publishing, a mídia proprietária acontece quando a marca vira publisher. Nesse processo, a marca vira uma fonte de informações oficiais, relevantes e inspiradoras para o público.

Agora que estamos quase acabando, pense na principal informação deste texto que você lê: o público confia em conteúdo de marca. Confia porque o conteúdo foi produzido e editado por jornalistas profissionais. Ele traz dados e informações. Ele é autêntico e oferece autoridade.

Se você tem uma marca ou empresa, considere produzir conteúdo ao contratar repórteres, jornalistas ou agências especializadas, como a República. Pode confiar que vai dar certo.