Com produção da República, portal Desafios da Educação alcança audiência recorde

Três anos depois de assumir a produção editorial do portal Desafios da Educação – uma iniciativa da +A Educação (antigo Grupo A) para cobrir notícias e análises do ensino superior, a República – Agência de Conteúdo celebra os resultados. A cobertura sobre os efeitos da pandemia deu ao portal o maior volume de exibições de página de sua história.

O feito foi destaque no portal Coletiva.net, especializado na cobertura de mídia.   

Em 2020, foram 3,2 milhões de pageviews – um aumento de 235% em comparação com o ano anterior. A média foi de 265 mil acessos mensais. O tempo de permanência por página é de 4 minutos e 18 segundos – acima da média dos concorrentes.

Segundo pesquisa interna, a maior parte dos leitores do portal Desafios da Educação é de gestores acadêmicos, reitores, diretores e professores. Atrair essa audiência qualificada ao portal só é possível graças ao talento dos jornalistas da República, especializados tanto em educação (core business do cliente) quanto em SEO (técnicas que melhoram o posicionamento de um site).

Desafios da Educação: case de sucesso

O Desafios da Educação é uma iniciativa da +A Educação, uma das maiores empresas de tecnologia para a educação do Brasil, com quase 50 anos de experiência. Soluções, marcas e selos editoriais representados pela companhia incluem Blackboard, Artmed, Sagah, Algetec, AvaliA, Secad, Bookman, Penso e McGraw-Hill.

No segundo semestre de 2017, o Grupo A delegou à República a missão de construir a reputação do portal Desafios da Educação – transformando o que (até então) era um blog em um portal referência em inovação e tecnologia no Ensino Superior. A julgar pelos resultados, os objetivos estão sendo alcançados.

Em 2018, quando inclusive uma série de reportagens do portal foi finalista do Prêmio Estácio de Jornalismo, o número total de pageviews do portal foi de 337.641. No ano seguinte, a audiência mais que dobrou: chegou a 949.399 pageviews, um crescimento de 181%.

Em 2020, mais crescimento: a audiência triplicou e o Desafios da Educação obteve os históricos 3,2 milhões de pageviews.

Diretora editorial do Grupo A Educação, Adriane Kiperman está satisfeita com o trabalho da agência.

“Sendo extremamente criteriosos com a qualidade dos conteúdos de difundimos, devido ao nosso background como editores de livros científicos, técnicos e profissionais, temos enorme segurança no que é produzido pela equipe da República.”

“É muito bom trabalhar com eles”, acrescenta a diretora. “Além do talento na escrita, a República é muito parceira, com um time mão na massa, entusiasmado e ágil, que veste a camiseta e dá conta de todas as frentes que lhes apresentamos. A agência tem enorme sintonia com nossos diversos e complexos produtos e públicos-alvo.”

Além do Desafios da Educação, a República gerenciou outras duas contas de conteúdo na +A Educação: a da Artmed / Secad, unidade de negócios focada em qualificação da saúde por meio da educação, e a do Blog A, em que a empresa difunde as soluções de educação a distância para instituições de ensino.

Depois dos efeitos da pandemia, incluindo a aceleração de diversas tendências, o Grupo A mudou o nome e o formato da sua operação. A companhia passou a se chamar +A Educação, dividindo-se em três verticais: Edtech (Plataforma A), Health (Artmed) e Publishing (Grupo A). A ideia é que todas as unidades de negócio trabalhem de maneira integrada. Por isso, a partir de janeiro, os conteúdos produzidos para o Blog A passaram a ser publicados no Desafios da Educação.

Confira a cobertura do portal Desafios da Educação: http://desafiosdaeducacao.com.br/ 

Sobre a República

Fundada em 2012, a República parte da premissa de que a informação de qualidade é um ativo fundamental para todos. São três frentes principais de atuação: 1) produção e edição de conteúdo para a imprensa e organizações públicas e privadas; 2) concepção e execução de estratégias de comunicação on e offline; e 3) inbound marketing e planejamento e gestão de mídias digitais.

Quer saber mais? Escreva para contato@republicaconteudo.com.br

Confira outros cases da República no nosso site.